quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Professores de Cedro (PE) paralisarão atividades na próxima segunda-feira em protesto contra redução salarial

 

A novela continua e os professores de Cedro, no Sertão de Pernambuco, continuam revoltados com os problemas envolvendo os salários da categoria. Como forma de protesto, eles cruzarão os braços na próxima segunda-feira (19) e deixarão todos os alunos da rede municipal sem aulas.

No início deste mês, a prefeitura anunciou a redução de 20% no salário dos professores. Depois de alguns dias de atraso, os docentes receberam o pagamento na última terça-feira (13). De acordo com a Associação dos Profissionais da Educação de Cedro (Apec), o total de descontos chega a 45%.

A revolta dos docentes não se resume apenas a questões salariais. Eles reclamam que não podem fazer reuniões nas escolas. Esta semana, por exemplo, os professores iriam realizar um encontro na Escola Municipal José Urias, mas foram impedidos pela direção da unidade de ensino. De acordo com a Apec, a reunião foi realizada em praça pública e logo depois a categoria seguiu até a Câmara de Vereadores para deliberar sobre o encontro. (Foto/divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário