quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

PAPAI NOEL EXISTE SIM!!!



 

Quando era pequena, acreditava que o bom velhinho realmente fosse real. Fantasiava sua chegada mesmo não tendo uma chaminé. Ele podia entrar pela janela, eu dizia. Mas aos poucos, fui deixando de acreditar, até o dia em que minha mãe falou que tudo não passava de uma invenção dos homens para vender brinquedos, e que as crianças pobres eram as que mais sofriam por nunca serem presenteadas.

Hoje, mãe de um rapazinho de 5 anos, voltei a acreditar em Papai Noel. Não somente pelo meu filho que em toda sua inocência, crê na história do bom velhinho que traz presentes para aqueles que se comportam bem, mas em nome de todas as crianças.

O mundo é cheio de tanta violência que um pouco de ilusão é bem vinda. E detesto quando algum amargurado da vida vem cheio de dedos quebrando todo o feitiço a dizer para uma criança que ele não existe, que quem compra o presente é o pai ou a mãe. Realmente, os pais compram os presentes. E aqueles que não tem pai ou mãe, ou os que não dispõem de condições financeiras se quer para garantir o alimento do dia-a-dia? Esses não tem papai Noel? Pois eu digo que sim. Só depende de você! 

Todo ano nos Correios tem centenas de cartinhas de crianças que pediram uma bola, uma boneca, um carrinho e até uma roupa ou mesmo ter o que comer no Natal. Daí eu lhe pergunto onde está Papai Noel? Nesse exato momento está lendo essa mensagem, e se o espírito natalino for forte o suficiente para abrandar um coração, esse Papai Noel dorminhoco que existe dentro de cada um ressurgirá. Não custa nada comprar um brinquedo e fazer uma criança feliz. Se não quiser ir a Agencia de Correios mais próxima e escolher sua cartinha, escolha seu vizinho, um amiguinho de seu filho ou filha, vá a um bairro carente ou mesmo faça doações em uma igreja ou entidades sem fins lucrativos como Maçonaria ou Centro Espírita, geralmente eles realizam trabalhos junto às famílias carentes e aceitam doações nessa época do ano, há até alguns grupos que passam nas residências recolhendo donativos. 

Se você teve Papai Noel quando criança, relembre essa alegria. Se não teve, mais um motivo pra mexer no bolso e fazer a alegria de alguém. Seja você essa alegria, pode ter certeza que o sorriso que receberá em troca vai fazer você acreditar novamente que ELE existe.
Priscilla Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário