segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Presidente da Câmara de Serra Talhada corta 15 cargos comissionados

O presidente da Câmara Municipal de Serra Talhada, José Raimundo Filho (PTB), anunciou nesta segunda-feira (14) o corte de 15 cargos comissionados existentes na estrutura do parlamento e a adoção de critérios mais rígidos para a concessão de diárias aos vereadores. De acordo com a assessoria de comunicação da Casa, a extinção dos cargos vai provocar uma economia de R$ 20 mil por mês e ajudará a Mesa Diretora a traçar novos projetos.

Ao justificar os cortes, Raimundo Filho argumentou que com o aumento no número de vereadores – de 10 para 15 – houve acréscimo de apenas R$ 8 mil no duodécimo da Câmara, enquanto o aumento na folha salarial foi de R$ 80 mil, ou seja, dez vezes mais. Apesar da redução dos cargos, o presidente garantiu que os projetos que visam a aproximação entre a Câmara e a sociedade são serão prejudicados. “Teremos sessões itinerantes, audiências públicas e seminários populares. Queremos a participação efetiva do povo', concluiu o trabalhista.
(magnomartins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário