quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Servidores do Judiciário vão cruzar os braços nesta quinta-feira


 frederico neves - foto reprodução internet

Servidores da Justiça estadual vão cruzar os braços pela segunda vez neste mês de fevereiro, por 24h, por não terem recebido do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Frederico Neves, qualquer promessa de reajuste salarial para compensar as perdas que tiveram no ano de 2014. A paralisação está marcada para esta quinta-feira.

De acordo com o sindicato da categoria, todas as unidades do Tribunal de Justiça manterão apenas os serviços urgentes e inadiáveis, como questões relativas à saúde dos réus presos.

Os servidores reivindicam um novo plano de valorização da carreira (progressão funcional) sob o argumento de que recebem hoje o menor vencimento-base do Brasil.

Alegam, além disso, que acumulam perda inflacionária de 23% e se aposentam recebendo menos do que no início da carreira (segundo o Dieese).

Por esse motivo, garante o sindicato, desde o ano de 2007 mais de dois mil servidores já pediram demissão.

As negociações com a direção do Tribunal já duram mais de um ano (a pauta de reivindicações foi protocolada em 10/02/2014). Mas, segundo o Sindicato dos Servidores da Justiça de Pernambuco (Sindjud), não avançaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário